As Organizações Não Governamentais Internacionais e as Instituições Públicas de Saúde no sul de Moçambique: dois estudos de caso sobre as atividades de prevenção da Malária

Ana Rita Sequeira

Resumen


A arquitetura do Sistema Nacional de Saúde em Moçambique caracteriza-se por uma multiplicidade de mecanismos de coordenação e financiamento, e por uma diversidade de atores que implementam, financiam e suportam tecnicamente as atividades de controlo da malária, promovidas pelo Programa Nacional de Controlo da Malária. Através de dois estudos de caso realizados no distrito de Chókwè, na Província de Gaza, este artigo pretende evidenciar as relações verticais e descoordenadas existentes entre Organizações Não Governamentais Internacionais e as Instituições Públicas de Saúde, no âmbito das duas principais ações de prevenção da malária: a distribuição de redes mosquiteiras tratadas com inseticida de longa duração, e a Pulverização Intra-Domiciliária.


Texto completo:

PDF

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


ISSN: 1130.5703

D.L.:B-8.882-1998